domingo, 6 de junho de 2010

- olho aberto -



 Achas que a tua vida não tem cor, queixaste por tudo e por nada, da tua pouca ou muita sorte, e nunca estás bem com o que tens. é certo, todos ambicionamos ter tudo e ser tudo, mas paciência meu amigo, há pessoas que estão pior que tu. E essas, se lhes deres um sorriso, de certeza que já ganharam o dia, e sabes porquê? Elas vivem daquilo que têm. Já tu, e eu, e todas as outras pessoas, somos cobardes, e nunca nada chega, nunca nada é suficiente e nunca nos contentamos. Somos egoístas a torto e a direito e só olhamos para o nosso umbigo. Está ERRADO, e não basta dizer que não se deve ser assim, mas sim tentar mudar, todos os dias. Quantas são as vezes que vês alguem na rua, um mendigo e olhas com ar de desprezo?! Quantas são as vezes que passas na rua e vês uma velhinha à janela?! Pois bem, acorda. Pensa que esse mendigo precisa que vás ter com ele e o orientes, lhe dês um rumo de vida, e essa velhinha, essa velhinha só quer que lhe sorrias, quer sentir que alguém lhe dá atenção, mesmo que seja um desconhecido. deixemo-nos de egoísmos, de futilidades, de espezinhar os outros, e seremos muito mais felizes. Não procuro a paz, mas sim a felicidade.

Sem comentários: