segunda-feira, 7 de março de 2011

querido avô



Hoje tive um sonho que pareceu tão real, sonhei com o meu avô que já faleceu. Foi tão real, juro. Eu não o conheci, ele faleceu pouco tempo antes de eu nascer, mas sinto que o conheci algures num mundo que não este. Podem-me chamar de doida, mas eu sinto isso, desde sempre. Hoje de manhã acordei tão aconchegadinha, senti-me protegida, senti que tinha os braços de alguém a envolverem os meus, e de repente senti um calor bem grande que depressa se espalhou por todo o corpo. Levantei-me, olhei para a fotografia dele que tenho na minha cabeceira e dei-lhe um beijinho. Que conforto que senti, senti-o bem comigo. Foi mesmo muito bom, que sensação. Lembro-me muitas vezes do meu querido avô, mesmo não o tendo conhecido sei que há algo que nos une, algo que permanece cá dentro e eu amo-o muito, e tenho saudades. Estranho ter-se saudades de algo que nunca se teve, mas eu tenho-as e não sei explicar. É verdadeiro o que sinto, avô. Estás no meu coração, sempre, e para sempre. Nunca deixes de olhar por mim, e de me por a mão quando vou para errar, de me abrires os olhos e me fazeres ver que sou sempre melhor do que julgo ser.  Fazes parte de mim, todos os dias, és o meu maior e verdadeiro orgulho, gritarei a todo o mundo que te amo, e que, aqui ou aí, todos os dias da minha vida estás comigo, bem presente!

39 comentários:

Mariana disse...

está lindo, percebo bem o que sentes :)

Gustavo Baião disse...

Não és a unica, eu ás vezes também sinto que quem já partiu ainda olha por nós =)

Isabel disse...

Que texto tão sentido minha querida, força *

L' disse...

que post tão lindo :)
ele estará sempre contigo <3

Isabel disse...

Faz-te bem desafogar-te querida (:

Francisca Cochofel disse...

gosto muito!
muito obrigada baby*

Francisca Cochofel disse...

claro que tenho de agradecer.
os teus não ficam atrás, muito pelo contrário!

Francisca Cochofel disse...

eu adoro-os!

Isabel disse...

Liberta-te, dando-te tempo e espaço querida.

simple writer disse...

ele estará sempre presente :) oh muito obrigada :$ também vou seguir :)

simple writer disse...

oh muito obrigada :$

Francisca Cochofel disse...

são bem melhores, acredita :)

Isabel disse...

Tira esse tempinho para ti, então querida.
Obrigada (:

simple writer disse...

oh :$

Isabel disse...

Quero-te bem, sabes *

filipa barbosa disse...

amei o texto completamente, estou a seguir o blog :)

filipa barbosa disse...

de nada querida *

Mariana disse...

percebo.. o meu avô também faleceu há 4 anos, e embora a diferença ser eu tê-lo conhecido, sinto o mesmo, que ele está sempre a olhar por mim e comigo para tudo :)

Isabel disse...

Meu amor, estarei sempre aqui para ti e tu sabes *

Isabel disse...

Não te preocupes com isso minha querida (:

filipa disse...

é mesmo. obrigada minha querida *.*
adorei !

Isabel disse...

À altura querida? :o
Lembraste-te do que a tua stora disse do meu blog? :$

Isabel disse...

Vês como já fizeste algo por mim querida (:

Mariana disse...

é natural que sintas .. tenho a certeza que iriam ter uma grande ligação se o tivesses conhecido :)

Isabel disse...

Não sejas tontinha querida :$

Mariana disse...

e isso é óptimo, acredita :)

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

blog muito bonito (: parabéns... já sigo

Isabel disse...

Acredita no que te digo querida =$

Mariana disse...

decerteza que ele ia gostar imenso de ti :)

tatiana lousada disse...

espero bem que não.
se o perdesse, não aguentaria *

Mariana disse...

claro que gosta, ele está a olhar por ti :)

Mariana disse...

força :)

sofia disse...

também é das minhas escritoras favoritas *-*
obrigada minha querida *

sofia disse...

não tens que agradecer querida :$

sofia disse...

não tens mesmo querida $: está aceite *-*

sofia disse...

não tens mesmo querida $: está aceite *-*

Mariana disse...

nao agradeças :)

sofia disse...

de nada querida $:
ó , nada demais :'$

sofia disse...

ó :$ não acho nada demais , mas obrigada :$