quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Sinais

Sabes o que acontece quando dois caminhos se cruzam ? primeiro é o choque, o primeiro olhar, primeiro sorriso, a primeira impressão (...) e só depois vem a primeira palavra, o primeiro toque, gesto (...) mais tarde vêm os elogios ou as críticas, as conversas mais pessoais, os segredos são trocados e como por magia abrimos a caixinha, essa nossa caixinha, que é o nosso coração, que quando sente que alguém que gosta muito de nós está perto se abre como por magia, sem chave, sem tabus, sem segredos. Depois, o nosso coração escolhe o caminho que quer seguir, se quer continuar agarrado ao coração de outrem, ou se quer permanecer sozinho. Aí se dão as grandes confusões, as dores de cabeça, as borboletas na barriga, as pernas a tremer, a voz parece que não sai, as palavras não se soltam, ou então é o nosso coração que não as quer deixar ir. Muitas das vezes agimos de coração sem pensar nas consequências, e ele dá-nos certas pistas e sinais, que nós, (embora que nos incomodem) não ligamos nem damos importância e só nos lembramos deles um dia mais tarde quando estamos arrependidos, a sofrer, ou então, se correu tudo bem nem sequer ligamos a pormenores. Quando dois caminhos se juntam por ordem do destino há sempre uma razão para que isso aconteça.

2 comentários:

Patrícia Amado disse...

P-E-R-F-E-I-T-O !

Catl disse...

já sigo *
gostei bastante :)