sexta-feira, 20 de julho de 2012


Ele é teimoso, eu sou teimosa, ele é resmungão, eu sou refilona. Ele é persistente e eu nunca desisto de nada. Ele é lutador e eu já passei por muitos obstáculos. Ele gosta de sorrir, eu gosto de andar sempre bem com a vida. Ele fala com os olhos, eu escuto com o coração. Ele tem que ter sempre a ultima palavra, eu calo-me para o ouvir. Afinal o que temos de tão diferente? Dois corpos. E de tão igual? Uma alma e um coração partilhado, veias onde corre amor e uma casa cheia de sentimento, chamada coração. Sou pão e ele é manteiga, sou leite e ele é café, sou garfo e ele é faca, sou areia e ele é mar, sou lua e ele é sol, sou tudo e sem ele não sei ser nada. 

16 comentários:

@lice B. disse...

perfeito mesmo ! e sim , pelo menos agora já estás de férias :D

sophia disse...

oh obrigada! tão doce por aqui como sempre <3

CatarinaRaquel disse...

nada de mais, apenas queremos coisas diferentes...
está lindo este texto também o:

sophia disse...

oh eu compreendo princesa, mas sempre que precisares de algo já sabes.

@lice B. disse...

está sim querida, mesmoooo :D

sophia disse...

tenho a certeza que ele te compreenderá :)
ora essa princesa, obrigada eu.

sophia disse...

esses dias existem sempre mas também existem aqueles que nos fazem sorrir do início ao fim e que fazem com que tudo valha a pena :) ohh, tão querida, gostas mesmo? adoro as imagens do teu :3

Patrícia disse...

tão lindo :)

sophia disse...

oh que fofa, ainda bem que gostas :) eu adoro esse tipo de imagens tão naturais, são as mais bonitas :3

sophia disse...

que riqueza :)

Patrícia disse...

ah pois, devias comentar mais vezes!!

sophia disse...

nem imaginas como fico feliz por saber isso doce :)

Patrícia disse...

pronto, eu entendo..

mary disse...

sim, marisa, claro que lembro. eu é que me afastei um pouco de todos os cantinhos, incluindo o meu.
oh, adoro. continuas um doce a escrever:)

sophia disse...

oh de lágrimas? não gosto de te ver assim doce.. estou aqui e quero é te ver a sorrir :')

sophia disse...

é, mas temos de ser fortes e fazermo-nos à vida doce :')